Arquivos de sites

Deusas, heroínas e jogadoras… Mulheres encantadoras

Boa noite, aventureiros e aventureiras !

Hoje eu venho parabenizar a todas as mulheres do planeta, em especial as mães e as RPGistas. Sim, essas meninas que dão duro para aguentar seus companheiros de grupo bárbaros e preconceituosos, que sempre tentam fazer piadinhas com as frases “cuidado com as unhas” ou “acho melhor você esperar aqui…”. Sim meninas, hoje farei um tópico voltado às mulheres na fantasia em geral, dentro ou fora de um RPG. A matéria era para ir ao ar ontem, mas por motivos de força maior tive que adiar a postagem, mas a intenção de homenagea-las persiste.

Começarei com alguns exemplos básicos de infância: Super-heroínas e Vilãs.

Não há algo mais sublime do que heroínas. Elas são poderosas, lindas e bondosas. Porém, se trocarmos o “bondosas” por “malvadas” a coisa pode ficar ainda melhor.

Começando com X-Men podemos iniciar a lista de heroínas e vilãs com Jean Grey. Portadora de poderes psíquicos extremos, Jean representa a beleza, inteligência e a liderança dentro de seu grupo. Sempre se mostra disposta a ajudar os necessitados e desfavorecidos, e coloca o bem de todos em primeiro lugar. Entretanto, Jean possui dentro de si uma das criaturas mais poderosas e destrutivas do Universo, a Fênix Negra. Absurdamente poderosa em ambas as formas, Jean e Fênix provam que o poderio feminino é forte em ambos os lados, tão forte que os dois maiores mutantes da história desejam “tê-las” sob os seus “cuidados”. Abalando fortemente os corações masculinos, Jean arrecadou grandes fãs e amantes como Scott Summers (o Ciclope), James “Logan” Howlett (nosso querido Wolverine) e ninguém menos que Warren Worthington III (conhecido como o Anjo). Uma personagem tão forte e tão linda pode muito bem dominar o mundo, não é rapazes ?

"Porque ser linda é só bônus em carisma..."

“Porque ser linda é só bônus em carisma…”

Indo de uma heroína a outra, falaremos de uma personagem inesquecível da história dos quadrinhos. Afinal, quem poderia esquecer de Diana, a Princesa de Themyscira ? Ou melhor dizendo, a Mulher Maravilha ?

Nascida de uma escultura de barro (ui, isso me parece familiar…), Diana fora um presente dado pelo os deuses à Rainha das Amazonas. Com podereses incríveis e estonteante beleza, a jovem Mulher Maravilha fez de tudo para se tornar uma defensora de seu lar perante os reinos da Terra (mais especificamente os Estados Unidos, de onde vinha seu amado, Steve Trevor). Ousada, destemida e muito poderosa, a heroína tão logo fora percebida pela a Liga da Justiça e incorporada na mesma, cumprindo a função de proteger o planeta Terra. Agilidade sobre humana, capacidade de voar, força física elevada e ainda com os itens mais cobiçados pelos os vilões, temos a mistura perfeita de uma musa encantadora com uma máquina de criar dor. A maioria dos heróis ficam de queixo caído quando vêm a Mulher Maravilha, o que não é pra menos já que seu modelo de vestir é um tanto quanto “hipnotizante”.

Diana

“Índice de Proteção ? Só nos braceletes né ?”

E por fim, uma deusa. Afinal, heroínas e deusas estão quase no mesmo patamar, mas esta consegue ser as duas ao mesmo tempo. Ororo Munroe, habitualmente conhecida como Tempestade encontra-se aqui na nossa lista de heroínas maravilhosas. Com um início de vida bem difícil, Ororo teve que superar a morte dos pais que ocorreu bem cedo em sua vida, e por consequência disso acabou tornando-se uma ladra em meio as ruas do Egito. Após perder o seu tutor ladino resolveu ir de volta para a terra dos seus ancestrais, ao sul da África. No caminho para lá quase foi violentada, e assassinou o seu assediador jurando nunca mais matar em sua vida. Ao aproximar-se das terras do sul, Ororo encontrou o seu primeiro amor que no futuro seria conhecido como o Pantera Negra, mas a paixão não durou muito e com o término do namoro ela prossegue sua viagem para o seu povo. Ao chegar lá e ajudar as pessoas com seus poderes que haviam acabado de florescer, Ororo passa a ser adorada como uma Princesa e uma Deusa, trazendo chuva e boas colheitas para o povo. E pouco após isso passa a ingressar nos X-Mens. Ela representa em meio a isso tudo a força de vontade e determinação, pois mesmo após perder seus pais ela continuou buscando uma forma de viver, e na primeira oportunidade de deixar os erros, assim o fez. A beleza e encanto desta deusa não são questionáveis, é algo quase desnecessário de falar, mas suas atitudes e história de vida é de tirar o chapéu e aplaudir de pé.

"Fazer chover é simples quando se é uma deusa, nem MP preocupa..."

“Fazer chover é simples quando se é uma deusa, nem MP preocupa…”

Quando falamos em RPG temos muitos exemplos de mulheres que esbanjam beleza e poder. Em Tormenta temos exemplos perfeitos.

Comecemos com as deusas. Lindas, poderosas e mães. Reuní três deusas de Arton que muito me agradam e que podem me ajudar a concluir esta homenagem.

Falemos de Valkaria, a Deusa dos Humanos e da Ambição. Uma deusa que está sempre em busca da superação, da perfeição, e que ambiciona levar a sua raça, os humanos, ao nível dos deuses ou até mesmo superá-los. Não contente em ser apenas linda e poderosa, ela contribuiu com a criação da maior ameaça do cenário, a Tormenta. Não ficando para trás, a deusa dos elfos, Glórienn, esbanja beleza e sofisticação nos seus olhos dispersos. Responsável pela a criação da raça mais artística e mais orgulhosa de Arton, ela também fora responsável por grandes eventos no planeta em questão. Há um fato interessante que liga Valkaria à Glórienn. Valkaria por criar a Tormenta fora aprisionada numa estátua de pedra, ajoelhada, esperando que seus filhos a salvassem. Hoje devido a más escolhas, Glórienn se vê sem seu plano (a tão famosa morada dos deuses) e ainda por cima é mantida como “escrava” do deus da força e dos minotauros, Tauron. Alguns dizem que ela se deixou levar a este ponto para salvar os elfos da extinção, mas…

Por ultimo minha deusa-mãe favorita. Aquela que tem a noite como vestido e estrelas como suas jóias. Tenebra, a deusa das trevas, exala poder e sedução. Talvez a deusa mais encantadora de todo o Panteão Artoniano, ela já mostrou ser uma ótima estrategista, forjadora de armas épicas e até mesmo uma ótima mãe. Grande protetora dos seres das trevas e da noite, e mãe dos poderosos Anões, a deusa não poupa esforços para conseguir um espaço tranquilo para que suas criaturas “existam”. Uma deusa maravilhosa.

"Valkaria, Glórienn e Tenebra. As deusas mais belas..."

“Valkaria, Glórienn e Tenebra. As deusas mais belas…”

Então, tentei mostrar neste tópico que na minha opinião as mulheres são essenciais em todos os sentidos. Sejam como heroínas, guerreiras, deusas ou mães. Elas completam aquilo que nós, os homens, não conseguimos preencher. As vezes nos deparamos com mulheres incríveis, que nos encantam só pelo o jeito de ser, enquanto outras encantam muito mais quando abrem a boca para falar. Tem mulheres que nem precisam falar, só o olhar já diz muita coisa.

Então, espero que aceitem esse meu ato atrasado de boas intenções.

Feliz Dia das Mulheres, um dia em que lembraremos sempre o porque da data.

Poder a Todos !

Anúncios

Agora é a vez das RPGístas !

É isso mesmo, pessoal !

A partir desta semana teremos uma coluna voltada para o público feminino aqui no Blog Tormenta da Vez !

Claro que não há ninguém melhor para falar sobre “coisas de meninas” na hora de jogar uma partida do que uma… menina !

Então, entra em cena a minha querida e estimada Prince-Sama, que me acompanha por RPGs por fóruns há anos e que juntos formamos grandes tramas interpretativas, uma das quais tem mais de 5 anos ativa, sem parar !

Ela irá falar sobre peculiaridades e outras coisas que só meninas entendem na hora de participar de uma mesa. A coluna se chamará “Diva D20” e com certeza irá cativar você, menina e mulher que curte o hobby !

Que venha o reinado das mulheres.

 

Poder a Todos !