Dungeons & Dragons 5th Edition Review


Bem, finalmente, saiu.  Esta é a revisão que você estava esperando, o que você esperava, assim como o que você secretamente esperava mesmo sem saber que precisava.  Eles finalmente lançado D & D 5 ª Edição!  É claro, um monte de coisas mudou na indústria editorial e a forma como lemos livros desde que a 4e saiu, por isso não é nenhuma surpresa ver a 5e agora.  Na verdade eu não ficaria surpreso se começamos a receber novas edições a cada poucos anos, uma vez que é tudo apenas um download de distância, em seu computador, Kindle, console ou iPhone.

É claro, a indústria de RPG também mudou, e tem algumas pessoas que desistiram do D&D.  Compreensível.  World of Warcraft ainda é topo das paradas, é claro, agora alegando que eles estão para quebrar o record de 100 milhões jogadores até o final do ano.  O que muda com a mais recente expansão, é fácil ver porque milhões de pessoas estão dispostas a desembolsar US $25 por mês, que é menos do que uma única saída para ir ao cinema, quando você leva em consideração o preço da gasolina.

Mas chega de falar de WoW, vamos falar sobre D&D 5 ª Edição!

Para começar

Não há mais limites entre Jogadores e Mestres.

A mudança mais notável aqui é que não estamos falando de livros.  Pelo menos, não fisicamente.  Em vez disso, você tem um download grande e, em seguida, uma inscrição na internet.

Eu vou assumir que você possui a 4 ª Edição para os fins desta revisão.  Se não…  boa sorte.

Alguns anos atrás eu teria lhe enviaria uma senha para pegar uma cópia da prateleira livros usados, mas é claro que com a ultima loja de livros sendo fechada no mês passado essa já não é mais uma opção.  Se você quer imprimir você terá de pagar do bolso ou ver a Print on Demand do Ebay ou da Amazon.  Irrelevante se o que você realmente quer é 5e, certo?  Então vamos continuar.

Então, com isso, vamos olhar o D&D Handbook, o que era anteriormente chamado de Livro do Jogador.  Por que a mudança de nome?  Bem, isso é porque não há delimitação mais entre os Jogadores e Mestres.  Todo mundo é um jogador, e o DM é apenas um pedaço de código no servidor de D&D agora.  Tudo automatizado!  Registre-se e crie seus personagens, e o DM automaticamente gera uma seqüência de eventos para você, perfeitamente equilibrado para sua história.  Sem tempo de preparação, não há necessidade de esperar pelo DM para jogar. Mais vou falar sobre isso mais tarde.  Por agora, vamos olhar o que está no D&D Handbook.

Para a maior parte, este é o D&D que conhecemos e amamos.  A maioria do que foi na 4e ainda está aqui, exceto que tudo já foi refinado e simplificado ainda mais.

Pontos de vida continuam o mesmo, mas os pulsos de cura foram completamente renovados.  Agora, cada jogador pode usar um pulso de cura no lugar de uma ação padrão se quiserem, sem qualquer penalização.  Você não terá que contar com os líderes para te curar, você pode fazer sozinho, se quiser.  E o melhor de tudo, pulsos de cura são reiniciados após cada encontro – cura infinita!  – Agora você e seu grupo podem pular para o próximo encontro, sem ter que gastar meia hora discutindo, planejando ou contado os recursos.

Alinhamento também teve uma reformulação muito necessária.  Nove alinhamentos eram muitos na 3e, e até cinco ficou complicado na 4e, então agora estamos em apenas três: Leal, Bom, e Não Alinhado.  Este é um jogo heróico sobre o mal vs bem e estou feliz estas regras enfatizam isso.

Personagens

Não há processo de geração de personagem

E depois há a maior mudança, que é a fusão de classe e raça em um conjunto de pacotes de personagens.Este é realmente escola velha, e eu quero dizer que do antigo D&D (conhecido com primeira edição ou D&D zero, o D&D de verdade), quando os elfos eram uma classe. Estamos de volta, e ele realmente se sente natural. Não é realmente uma surpresa.

Quero dizer, 4e já estava empurrando certas raças para classes específicas: Tiefling é Bruxo, Draconato é Paladino. Coisas como um Anão Mago e Gnomo Bárbaro nunca fez sentido, por isso nunca houve qualquer motivo para permitir isso. Com estes pacotes de personagens (Caracter Pack no original), você vai obter números perfeitamente equilibrado o tempo todo.

Na verdade, não há processo de geração de personagem.  Escolha um pacote e suas estatísticas de partida são todas pré-calculadas.  Ninguém vai, mas nem de longe, rolar mal ao gerar um personagem: Ninguém nunca mais vai ter 13 de Força!  Agora se você foi um guerreiro, você tem uma Força de 20 automaticamente. Tudo é equilibrado, como deve ser.  Armadura é escolhida como a melhor opção para o seu personagem (Paladinos sempre tem a sua Armadura de Placas, Patrulheiros tem suas sua Tala de Placas, etc).  Especializações arma são escolhidas e armas distribuídas, e agora todas as armas fazem um dano de 1d10 assim que tudo é equilibrado.  Sem injustiça!

Aqui estão os novos Pacotes de personagens. Você pode escolher entre:

Classes Marciais: Meio Orc Bárbaro, Anão Guerreiro, Elfo Patrulheiro , Halfling Ladino.  Cada uma das classes marciais possui uma especialização de armas diferentes.  Bárbaros usam Machados, Guerreiro usam espada e escudo, Patrulheiros usam duas espadas e Ladinos usam punhais; Para a distância são machados de mão, bestas, arcos longos e shurikens, respectivamente.

Classes Divinas: Aasimar Clerigo, Meio Elfo Druida, Humano Monge, Draconato Paladino.  Os papa hóstias também têm escolhas de armas diferentes, usando todas as armas sem derramamento de sangue.  Clérigos usam maças, Druidas usam bastões, Monges usam ataques desarmados, e Paladinos usam martelos de batalha.

Classes Arcanas: Gnomo Bardo, Genasi Feiticeiro, Eladrin Mago, Tiefling bruxo.  As classes arcanas não usam armas, mas sim implementos. Bardos usam alaúdes, Feiticeiros usam cajados, Magos usam varinhas, e Bruxos usam orbs (grande sacada não traduzirem para Bolas, que bruxo de respeito ia ficar com as Bolas na mão).

Multi-classe?  Esqueça.  Ninguém fez isso de qualquer jeito então por que mantê-lo?

 Magia e Poderes

Nenhuma decisão a fazer ou mais tempo a perder desnecessariamente.

E agora vamos falar sobre itens mágicos. Colocar os itens mágicos para o Livro do Jogador em 4e foi uma grande decisão. Pra que o DM queria as tabelas de itens mágicos para rolar em tabelas misteriosas como distribuir o tesouro?  Nos velhos tempos, às vezes você recebia algo que você não poderia usar.  Na 4e os jogadores já tem que escolher seus próprios itens quando eles forem encontrados em vez do DM, e agora é dado um passo a frente: não há necessidade de escolher!  Uma vez que há um conjunto lógico de itens para cada pacote de personagens, não há necessidade de mexer com tabelas aleatórios.  Aqui, em cada nível, o jogo diz o que você vai encontrar.  Nível 2?  Aqui está a sua Espada Mágica, senhor!  Nível 5?  Aqui está uma Poção de Cura e um Escudo Mágico.  É incrível, você começa com as coisas próprias para o seu nível sem ter que se preocupar com coisas ruins aleatórias.

Os poderes de Classes também tiveram uma reformulação muito necessária, embora funcionem da mesma maneira.  Em vez de fazer você agonizar em um par de escolhas em cada nível, cada Pacote de Personagem agora ganha uma árvore de poderes padrão que lhe diz o que você ganha a cada nível.  Nenhuma decisão de fazer ou mais tempo a perder desnecessariamente, cada pacote de personagens fica a mesma coisa quando subi de nível.  Como a parte de chutar a bunda dos monstros está pronta você que está totalmente livre para o role-play. Se você quer que seu personagem tenha poderes baseado em fogo você pode dizer que é baseado em fogo. Muito fácil!

A melhor coisa que é o combate foi renovado e racionalizado.  Você não tem que se sentar ao redor da mesa e perder tempo enquanto tenta se decidir que poder usar.  Cada vez que chega a sua vez vem você só tem que jogar o cartão de poder com o valor mais alto, e o jogo torna muito claro qual cartão é.  Então, se você tem um poder de nível 10, você jogar esse primeiro, e depois o de nível 9, e assim por diante.  Caso acabem seus poderes é sempre possível usar suas armas, mas desde que cada encontro é equilibrado dificilmente vai durar mais de 4 ou 5 rodadas, o que significa na maioria das vezes você nunca vai conseguir ficar sem cartões mais do que algumas poucas vezes.  Isso é muito legal já que você está usando constantemente os novos poderes a cada vez. É claro 4e já trabalhou mais ou menos assim, uma vez que sempre fez sentido para usar seus poderes por encontro mais poderoso primeiro, seguido por poderes a vontade, etc. Mas isso significava que você sempre tinha que guardar os poderes diários até para o último encontro da noite.  E, se for Onze e Meia da noite como vamos ter certeza que vamos parar à meia-noite?  Poderes eram chatos.  CHATOS.  Agora tudo está na pilha de poderes e é só ir usando na ordem da lista de poder.  Muito melhor.

Mas, uma vez que itens mágicos agora estão ligados ao avanço do personagem, todos os números são somados para você na ficha de poder.  Nenhuma matemática é necessária!  Basta rolar um dado, ou usar a rolagem pré-construída incorporada no documento (uma excelente sugestão para acabar com aquele jogador que vivia tirando numero alto enquanto o resto da mesa ficava tirando 7 ou 8), e vá em frente!

Criador de calabouço

O direito é a nova palavra de ordem em role-playing

Agora vamos falar sobre o que costumava ser o Livro do Mestre e Livro dos Monstros.  Estes foram totalmente substituídos com a pelo Criador de Dungeons do DM.  Quando cada jogador terminar seu personagem no servidor e fazer o download do Manual de D&D, que basta ligar o nome de seu grupo ou campanha, o cenário é gerado e transferido para o livro.

Toda a Dungeon é feita sob medida para o seu grupo específico, e perfeitamente equilibrada de modo que ninguém nunca tem a chance de morrer.  É como estar em seu próprio romance como os heróis!  Cada cenário inclui uma breve cena introdutória que conta a história da dungeon em si, (mas não se preocupe, você pode pular isso) e depois um Calabouço para entrar, com um encontro de monstros e algum tesouro, todos os pré-concebidas no livro e bem equilibrada.  É só matar o monstro e seguir em frente.  Basta terminar 5 encontros de duas páginas e você ganhará um nível.  Apenas 10 páginas por nível, de 500 páginas no total, muito conteúdo, e tudo isso é previsível, divertido e rápido!

E sim, você ouviu direito: é pelo menos um nível garantido todas as noites.  O direito é a nova palavra de ordem em role-playing, e Dungeons & Dragons fornece.  Adeus a injustiça, desequilíbrio e assimetria!  Todo mundo é recompensado no mesmo ritmo, independentemente da habilidade ou esforço.  A recompensa é o jogo.

Oh, e eu esqueci de mencionar, você ficará contente em saber que os desafios de pericia se foram!  Os jogadores que ainda têm pericias, claro, mas eles não têm que envolver algum esforço seu pra funcionar.  Apenas rolar o d20 quando o jogo lhe diz e ver se você passou ou não.  Desafios de perícias foram simplificados, por isso não há mais necessidade de determinar se você vai ter um sucesso ou vai falhar ao acumular 7 ou 8 roladas de dado (TEDIOSAS!).  É apenas uma rolam para ver se você tiver sucesso imediato, e, se você falhar, em seguida, outro teste para ver quanto tempo você leva até ter sucesso.

A melhor parte sobre o cenário é que cada encontro é totalmente original.  Você não terá que lutar dez salas de goblins, você só vai encontrá-los uma vez.  Cada Calabouço tem criaturas únicas e tesouros diferentes que é perfeitamente equilibrada para que seu nível está.  Não “fácil demais” ou “muito difícil” de encontrar.  E sim, antes que você pergunte, (ATENÇÃO SPOILER) na final a todos lutar contra o T——-e e quando você matá-lo você começa a atingir o nível 30 e ganhar o jogo!  Mas nesse momento é melhor você partir para o seu próximo personagem. Afinal o jogo te da muitas escolhas pra você ficar em uma só.

É claro, da próxima vez que escolher um dos doze pacotes de personagens, todo o cenário é re-gerado para você.  Da próxima vez que passar, você pode experimentá-lo no modo “HARDCORE” e chegar ao nível 50.  Eu acho que há até mesmo um modo de “IMMORTAL” depois, mas não fui tão longe ainda pra saber como ele é.

Finalizando

Bom, você deve definitivamente fazer o download de uma cópia de D&D 5e.  Vou postar o torrent mais tarde.  Já que é um jogo gratuito, completamente compatível com os e-books do mercado não há pirataria acontecendo com 5e. Claro que você deve pagar uma mensalidade pelos suplementos, mas isso era esperado.  Basta baixar, compartilhar e jogar!  É um jogo fantástico que traz um novo amanhecer para Role-Playing, e o melhor de tudo é definitivamente algo que você pode jogar com seus amigos enquanto você está esperando por um ataque da Horda de WoW começar.  Você pode subir de nível 5 ou 6 vezes antes do ataque, em seguida, jogar um pouco de WoW, em seguida, fazer mais uns níveis durante o ataque…

Você pode bater todos no nível 50 de uma semana ou duas de jogo na 5e, mesmo se você só jogá-lo junto de outras atividades, por isso é fácil, é rápido e é divertido.  Campanhas não levar anos mais – apenas um mês.  D&D 5e é realmente como uma história de fantasia épica que você pode ganhar sempre.  Aventura, emoção, equilíbrio e grandiosidade.

Até ++++++++ galera, vou jogar de novo!

Anúncios

About Serial101

Engenheiro, RPGista, Fã de Quadrinhos, é fã do sistema M&M, e quer fazer um jogo sobre Robôs. Alias quer fazer um exército de robôs só pra tirar uma foto junto. Sonha em um dia dominar o mundo, mas está esperando o gloogle terminar de controlar as mentes das pessoas antes.

Posted on 30 de Dezembro de 2011, in Artigos and tagged , , , . Bookmark the permalink. 11 comentários.

  1. Amei, é super desenvolvido, tem um bom assunto , não entendo muito de personagens ..mas adorei a imagem desse e tudo que você falou sobre… bom conteudo … parabéns

  2. Hahaha’ perfeito! E olha que nem é 1º de Abril, hein?

  3. Esse é um review falso, postado em sites de com uma brincadeira de 1º de Abril da WoTC de 2010…

  4. Eu gostaria de fazer o download e gostaria de saber se… oh wait!

  5. Eu de fato me preocupei, até determinado ponto onde meu cérebro exclamou: “WAIT! Se é tudo automático, pra que jogar?”

    Daí Euri

  6. Profético?
    A 5E tá pra sair já…

  7. “Na verdade, não há processo de geração de personagem. Escolha um pacote e suas estatísticas de partida são todas pré-calculadas. Ninguém vai, mas nem de longe, rolar mal ao gerar um personagem: Ninguém nunca mais vai ter 13 de Força! Agora se você foi um guerreiro, você tem uma Força de 20 automaticamente. Tudo é equilibrado, como deve ser.”… omg!! so pode ser piada!!! é o fim do verdadeiro RPG!!!

  8. Mano cade os links que você falo que ia postar, os torrents

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: